Como fazer Marketing Jurídico e ter resultados?

marketing jurídico
Quer aprender a fazer marketing jurídico e ter resultados, sem ferir o Código de Ética da OAB? Aprenda neste artigo, como é possível atrair clientes para seu escritório de advocacia.
Se preferir ouça o Podcast desse post

Como fazer marketing jurídico e atrair mais clientes para o escritório? Muitos advogados, nos fazem essa pergunta, uma vez que somos especialistas em marketing digital para advogados.

Porém, muito se discute sobre, se fazer marketing para escritórios de advocacia, fere o Código de Ética da OAB.

O marketing tem um papel fundamental hoje em dia, principalmente agora, em tempos de pandemia, para o sucesso de qualquer empresa, mesmo as que estão acostumadas com o “boca a boca”, que é o caso da advocacia.

Sabemos que os hábitos de consumo mudaram a alguns anos e, muitos clientes procuram por produtos e serviços na internet. Por conta disso, o marketing faz muito sentido!

Por outro lado, é preciso ter certeza de que as estratégias e ações de marketing, não vão ferir o código de ética estabelecido pela OAB.

Neste artigo vamos te ensinar como fazer marketing jurídico corretamente, quais erros evitar e a importância de ter um blog e escrever conteúdo relevante para seus prospects.

Marketing Jurídico e sua importância

A profissão do advogado é uma das mais tradicionais e respeitadas de todos os tempos. Muitos advogados, estão acostumados com atendimento por indicação, o famoso boca a boca.

Porém, com a mudança nos hábitos do consumidor, fazer marketing se tornou imprescindível. Hoje, quando uma pessoa tem uma dúvida, é no Google que ela busca respostas. Você faz isso, eu faço isso e o mundo inteiro faz isso!

Muitas pessoas possuem um advogado na família, outras conhecem alguém que conhece um advogado, porém, muitas vezes esse advogado conhecido, não é especializado na área que a pessoa está procurando, não é mesmo?

O que acontece é que muitas e muitas pessoas nem conhecem um advogado, por isso, acabam indo para a internet procurar pelos serviços que precisa.

Então, o marketing jurídico é uma estratégia perfeita para atingir as pessoas que não conhecem um advogado. Principalmente, pelo fato, de que vai construindo uma autoridade ao longo do tempo.

As práticas permitidas no marketing jurídico

Conquistar e fidelizar clientes é uma das coisas mais importantes em qualquer profissão. No caso do advogado, quais as melhores práticas para se fazer marketing sem receber punições?

Para que sua estratégia tenha sucesso, é preciso seguir algumas práticas permitidas que regem o marketing jurídico. Então, vamos lá!

Ter um site é essencial

Em primeiro lugar, ter um site é primordial. Na verdade, você está construindo sua marca e uma marca com autoridade é fundamental!

Claro, que a autoridade é construída através de conteúdo relevante, porém, a identidade visual de um negócio é muito importante. Então, não poupe esforços para obter um site responsivo, que tenha um blog (onde você vai disponibilizar conteúdos).

Pense ou contrate uma empresa para desenvolver seu logotipo. Construa sua identidade nas redes sociais, principalmente Youtube, Instagram, Facebook e LinkedIn.

Marketing de Conteúdo

A produção de conteúdo é uma das coisas mais importantes quando falamos de marketing jurídico. Isso porque o conteúdo é a base do marketing. Sem conteúdo não fazemos marketing!

Toda a estratégia de marketing precisa ter conteúdo relevante que tire as dúvidas do lead e assim, os resultados serão de sucesso. Mas o que é conteúdo relevante?

É o material produzido, direcionado para um público que possui interesse nos seus serviços e disponibilizado em alguns meios de comunicação como, por exemplo, posts em redes sociais, artigos no blog, vídeos no Youtube, Podcasts, entre outros.

Você quer atrair clientes para seu escritório? Então precisa produzir conteúdo de valor!

Uma dica preciosa: esqueça a linguagem jurídica! Lembre-se que você estará falando com pessoas que precisam tirar dúvidas, portanto são leigas no assunto. Sendo assim, é preciso utilizar uma linguagem de fácil entendimento, pois seu público não é advogado!

Leia: 10 passos simples para criar conteúdo

Demonstre interesse. Ajude seus possíveis clientes, apareça nas redes sociais, esclareça as dúvidas, se mostre acessível, tenha empatia!

Campanhas – Google Ads

Muitos advogados têm dúvidas sobre esse assunto. Posso fazer Google Ads, as famosas campanhas no Google? A resposta é sim, desde que seja campanha de pesquisa. Ou seja, existem 5 tipos de campanhas feitas no Google e são elas: Pesquisa – Vídeo – Display – Remarketing – Shopping.

A campanha de pesquisa é aquela que você pesquisa por um termo ou palavra e logo aparecem os textos, com a tag anúncio. Essa campanha é a que chamamos de fundo de funil, pois trata da pessoa que já está procurando por aquele serviço ou produto, no caso da advocacia, já está procurando pelo advogado.

Portanto, o cliente é quem está indo atrás dos serviços do advogado e não o contrário. Sendo assim, é uma campanha totalmente liberada pelo código de ética da OAB. As demais campanhas, não são aceitas pois são interruptivas.

e-book marketing de conteúdoPowered by Rock Convert

Redes Sociais

As campanhas em redes sociais têm como base o conteúdo. Lembra que falamos acima sobre produzir conteúdo relevante para seu público-alvo? Vamos relembrar com um exemplo.

Vamos supor que sua área de atuação como advogado seja o Direito Trabalhista e você quer atrair a classe trabalhadora. Você pode produzir conteúdos que tire as dores desse determinado público-alvo, ou seja, o funcionário.

Exemplo: Trabalho aos domingos e feriados: quais os direitos do trabalhador? Acidente de trabalho: Você conhece seus direitos? O que fazer quando a empresa não paga as horas extras?

Qual o trabalhador que não possui dúvidas acerca de seus direitos trabalhistas, não é mesmo! Pois então, produzidos os conteúdos, e disponibilizados no blog do site, poderão ser compartilhados nas redes sociais. Principalmente o Facebook, onde você pode impulsionar a publicação, e levar os interessados para dentro do seu site.

A pessoa vai se deparar com seu anúncio na timeline dela e quando clicar vai ser levada para o seu artigo, dentro do seu site. Pensando melhor: você tirou ela da rede social e levou para o seu ambiente.

O que você não pode fazer no marketing jurídico?

Mesmo contendo limitações no marketing jurídico, é possível fazer um excelente trabalho para conseguir atrair clientes para seu escritório.

Porém, existem alguma práticas proibidas e quero elencá-las aqui:

1 – Divulgar o preço dos serviços – essa ação é totalmente proibida. Preços dos serviços e honorários somente podem ser entregues pessoalmente, em uma consulta. Lembre-se que o marketing jurídico baseia-se na autoridade do profissional que é conseguida através de seus conteúdos. Já pensou a briga que seria na internet? Uma guerra de preços e condições de pagamentos entre os profissionais.

2 – Oferecer consultas grátis pelo site – existe restrições sobre o que você pode entregar no seu site, portanto, oferecer consulta gratuita está fora da questão marketing para seu ramo de atuação. É contra o código de ética da OAB.

3 – Usar palavras de persuasão utilizadas em vendas – atividades comuns utilizam palavras de persuasão, como por exemplo, “oportunidade única”, “não perca, só essa semana”, “venha conferir” e etc. Essas palavras são usadas para chamar a atenção do cliente e persuadi-lo a comprar o produto ou serviço. Porém, a OAB entende que fere a sobriedade da profissão.

4 – Anunciar no rádio ou na televisão – anunciar serviços de advocacia em veículos de massa também é prática proibida.

5 – Promover serviços em eventos que não sejam da área jurídica – eventos é uma ótima oportunidade de conseguir contatos, mas também é uma prática proibida pelo código de ética da OAB.

Conclusão

O marketing jurídico é uma das armas mais valiosas que você pode usar para se diferenciar no mercado, estabelecer credibilidade com os clientes e criar oportunidades para a carreira.

Mas é extremamente preciso respeitar as limitações legais e seguir as práticas do código de ética da OAB.

Se você quer ter resultados efetivos com marketing, assista um vídeo que preparamos para você e baixe também, nosso e-book. Nele você vai encontrar um conteúdo mais aprimorado e relevante!

 

marketing jurídico

 

Se preferir fale com a Rise Up Marketing e agende uma call para alinharmos a possibilidade de uma parceria de sucesso!

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima