Copywriting: as técnicas para persuadir com palavras e, vender!

Copywrinting

Você já ouviu falar na palavra Copywriting? E como persuadir seu público com as técnicas do uso da palavra certa?

Convencer seu público-alvo, conseguir encantar seu leitor e fazer com que ele siga todas as suas dicas, por meio do uso estratégico das palavras, é essencial!

Portanto, o seu conteúdo pode fazer muita diferença na estratégia de Marketing de uma empresa e, assim, aumentar o número de conversões, clientes e potenciais clientes.

E então, quer saber mais sobre Copywriting? Como ele pode ajudar sua empresa a alcançar o sucesso?

Continue lendo este artigo, e saiba tudo sobre Copywriting!

O que é Copywriting?

Produzir conteúdo para seu site ou blog é uma das estratégias mais importantes do Marketing.

O Copywriting é uma estratégia de produção de conteúdo que tem a finalidade de convencer o leitor a realizar uma ação específica.

Por isso, o copywriter deve escrever o “copy” (texto) pensando em seu caráter persuasivo, usando vários gatilhos para despertar interesse no leitor.

E assim, com objetivo de gerar conversões e vendas para o seu negócio.

O Copywriting não é uma técnica nova.

A palavra copy foi definida pela primeira vez em 1828 por Noah Webster e, ao contrário da sua transposição literal — “cópia”, o termo remetia a “algo original que deve ser imitado na escrita e na impressão”.    

Assim, os copywriters do século XX, eram os redatores publicitários, cujo trabalho ajudou várias marcas a conquistar fama e muito dinheiro.

No entanto, com a popularização da internet e a ascensão do Marketing Digital, o Copywriting foi reestruturado e se afastou da publicidade.

Diferença entre Redação Publicitária e Copywriting

O Copywriting é mais usado para estratégias de atração, como o Inbound Marketing, por exemplo.

No Inbound o processo de venda se desenvolve perante um longo processo persuasivo. 

Já a escrita publicitária permanece como um instrumento voltado para vendas diretas.

Mas, isso não significa que eles não tenham uma ligação, muito pelo contrário, o Copywriting veio da redação publicitária e suas ferramentas foram incorporadas por publicitários.

Então, as escritas são complementares com abordagens que se misturam.

Objetivo do Copywriting

O CTA (Call to Action) é o principal elemento de uma copy, por isso, ao longo da jornada do cliente, é preciso que o leitor tenha alguma atitude.

Por exemplo, fazer o download de um material rico, assinar a newsletter, continuar no blog e ler outro artigo, dependendo da estratégia que foi criada.

Assim, é a partir dessa técnica que o copywriter é capaz de convencer e cativar a atenção do visitante de um site ou blog.

E, fazendo sempre com que o leitor siga as instruções que foram dadas.

Portanto, o Copywriting é quem educa e capacita a persona a entender que seu produto ou serviço é a melhor solução para suas demandas.

Assim, produzir materiais (conteúdos) ricos e de qualidade, como artigos, posts, infográficos, e-books, entre outros, é a técnica mais importante.

Copywriting e Marketing de Conteúdo

Tanto o Copywriting como o Marketing de Conteúdo,  são práticas antigas que ganharam uma nova roupagem após a popularização das estratégias de divulgação na internet.

O Copywriting tem como foco a conversão, por isso tem grande relevância na utilização do Marketing de Conteúdo por uma empresa.

Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo, tem como finalidade atrair, cativar e educar o público-alvo através de conteúdos relevantes e ricos.

Dessa maneira, e a longo prazo é possível construir uma relação com os clientes e potenciais clientes, atendendo os interesses do seu público.

Então, o Marketing de Conteúdo tem o objetivo de transformar empresas em verdadeiras educadoras.

Além disso, é uma estratégia essencial para fazer com que uma empresa se torne referência em seu mercado, aumentando a autoridade da sua marca para atrair novos clientes.

O papel do Copywriting no Marketing de Conteúdo

O copywriter nem sempre tem como objetivo realizar uma venda imediatamente.

O objetivo é proporcionar ao consumidor uma experiência mais abrangente, como por exemplo, o processo de funil de vendas.

O funil de vendas, tem como objetivo conduzir o seu público, etapa por etapa, através de conteúdos estrategicamente preparados até o final do funil, ou seja, a conversão da venda.

Se o Marketing de Conteúdo busca engajar e atrair o público-alvo por meio de conteúdos educativos e de qualidade, o Copywriting será o diferencial para que a estratégia seja efetiva, pois estimula o leitor a tomar uma atitude.  

Porém, é preciso conhecer o grande segredo! Ou seja, conhecer a fundo quem é o consumidor que consumirá seu conteúdo.

Dessa forma, é possível trazer o leitor e seu universo para dentro da narrativa e solucionar suas dúvidas da melhor maneira possível.

Como elaborar uma estratégia de Copywriting?

Escrever bem é essencial, porém, se você deseja transformar seu leitor em um cliente, não é o suficiente.

Por isso, existem 3 regras básicas que devem ser respeitadas na produção de qualquer conteúdo para Marketing Digital.

1 – Inspirar o leitor

2 – Criar relacionamento com a marca;

3 – Motivar os leitores a tomarem uma atitude em relação ao serviço ou produto.

Além dessas regras, ao planejar uma estratégia de Copywriting, outros elementos devem ser inseridos para que seu conteúdo seja benéfico, tanto para você quanto para o seu leitor. 

Os principais são:

Pesquisa

Para escrever em um blog e se tornar referência no assunto, é imprescindível fazer muita pesquisa.

Pois, seu conteúdo deve ser incrível e satisfazer todas as necessidades do público, ou seja, tirar as dores.

Para tanto, é preciso muita pesquisa e dedicação, para que o melhor conteúdo seja produzido e que seja um material realmente relevante para a persona, capaz de entretê-la e educá-la.

Objetivo

É importante também, estabelecer objetivos para as publicações dos posts e um trajeto para o cliente dentro do funil de vendas.

Você pode programar a publicação de conteúdos em um calendário editorial, bem como o lançamento de campanhas estratégicas, inclusive explorando feriados e datas comemorativas.

Exclusividade

Para que seu site ou blog se destaque dos inúmeros que existem na internet, é necessário fazer conteúdo novo.

Não adianta fazer mais do mesmo! Seu blog não pode entregar os mesmos conteúdos que já são encontrados aos montes por aí.

Uma das estratégias para ganhar a confiança do seu leitor, e imprescindível no Copywriting é a exclusividade.

Por isso, seja criativo, faça pesquisas e garanta que o seu conteúdo seja único, com informações inéditas e relevantes para a sua persona.

Otimização

A otimização para os buscadores, ou seja, o SEO é muito importante para garantir que o seu site tenha uma boa posição no Google.

SEO, são técnicas de otimização para que seu site fique nas primeiras páginas dos buscadores, sendo facilmente encontrado pelo seu público-alvo.

Análise

Como sabemos, a relação com o cliente não se encerra quando uma venda é fechada, o seu trabalho não termina quando o post é publicado.

Dessa maneira, é preciso acompanhar as métricas de perto e observar se seus conteúdos estão proporcionando bons resultados.

Assim, veja quais táticas devem ser potencializadas e identifique aquelas que precisam ser evitadas.

Ao analisar os seus resultados, você estará mais embasado para tomar decisões e tornar possível o sucesso do seu site ou blog.   

Quais são as principais técnicas de Copywriting?

 

Para garantir que o Copywriting seja uma estratégia bem-sucedida, é necessário adotar algumas técnicas que listamos abaixo:

e-book marketing de conteúdoPowered by Rock Convert

1 – Saiba quem é o seu público-alvo

Não adianta atirar para todos os lados! Você precisa atrair seu público-alvo.

Para quem você está escrevendo? Sabendo disso, você terá mais chances de obter acessos de seu público ideal.

Primeiramente, defina a sua persona. Ela é uma personagem semi fictícia que representa seu cliente ideal a partir de dados reais.

Na persona, são definidos idade, sexo, interesses, cargo, ocupações, hobbies, entre outras informações que sejam relevantes onde é possível entender o perfil e costumes dessas pessoas.

Assim, será possível produzir um conteúdo orientado para os seus potenciais clientes, com estilo e abordagem que seja próxima à realidade deles, aumentando a possibilidade de conversões.

Linguagem correta

Sabendo quem é seu público, é ideal estabelecer a linguagem correta que será adotada nos seus conteúdos.

Crie títulos interessantes

O título é o primeiro contato que o seu leitor tem com o seu texto e também é um dos elementos mais relevantes para os motores de busca. 

Para te ajudar neste item, temos um post que ensina tudo sobre o assunto – Como escrever títulos perfeitos para seu conteúdo de blog.

Crie conexão com o leitor

Criar uma conexão com seu leitor ajuda a estabelecer uma relação de confiança entre você e seu potencial cliente.

Existem palavras e estratégias de conteúdos que fazem com que o leitor tenha a impressão de que aquele conteúdo foi, especialmente, escrito para ele.

Aposte no sentido da urgência

Provoque no leitor o sentido de urgência. Aquela sensação de que se ele não seguir o que seu conteúdo diz, estará perdendo uma grande oportunidade.

Lembre-se de que a principal meta do Copywriting é fazer com que o visitante do seu blog ou site siga a ação definida por você.  

Exemplo: 

Título: Por que fazer a gestão adequada das redes sociais?

Subtítulo: Avalie as métricas.

CTA: Agora que você aprendeu a fazer a gestão ideal das redes sociais, baixe o nosso ebook e tire todas as suas dúvidas sobre como ganhar mais seguidores!

Faça comparações

Utilizar analogias e metáforas para esclarecer ideias, é algo utilizado desde os primórdios!

E essa é uma estratégia que funciona muito bem! Mas, por que?

Primeiramente, as pessoas são mais receptivas com informações familiares.

Além disso, o nosso cérebro constrói novas memórias a partir de outras, estabelecendo conexões entre elas. 

Dessa maneira, se você conseguir resgatar algum conceito que seja familiar ao leitor e associar essa informação à ideia que está transmitindo, as chances de fixar o conteúdo na mente dele, são muito maiores.

Só não faça comparações diretas com a concorrência, pois, além de não se ético, é uma atitude que desperta desconfiança.

Utilize números e pesquisas

Utilizar números nos títulos dá a ideia de quantas dicas serão dadas ao longo do conteúdo. 

Além disso, comprovar informações através de pesquisas realizadas por órgãos competentes, além de linkar o texto para essa informação, passa credibilidade ao leitor.

Quebre objeções antes delas acontecerem

Um dos principais objetivos do Copywriting é quebrar objeções, ou seja, as dúvidas que seu seguidor ou prospect tem a respeito da sua empresa ou produto.

Portanto, identificar antecipadamente essas objeções durante a criação da persona, faz com que seja mais fácil lidar com qualquer questionamento do leitor.

Persuasão

A persuasão precisa estar presente uma boa estratégia de Copywriting, por isso, é imprescindível conhecer alguns princípios psicológicos para aumentar o seu poder de convencimento.

Veja alguns:

reciprocidade — responder uma ação com outra ação equivalente, portanto, se deseja que um consumidor faça algo por você, será preciso entregar algo de valor para ele primeiro;

prova social — já que as pessoas são influenciadas por outras, os depoimentos e cases de sucesso são armas poderosas para aumentar a credibilidade do seu conteúdo;

afeição — nossa tendência é dar atenção à alguém (vendedor) que viveu problemas parecidos com os nossos;

autoridade — as pessoas costumam respeitar mais aqueles que julgam como “superiores”, mas aqui no sentido de entenderem de algum assunto específico;

coerência — quando as pessoas se comprometem publicamente com algo, elas se sentem pressionadas psicologicamente para se comportar e entregar o resultado anunciado;

escassez — gatilho “acionado” quando nos damos conta da possibilidade de perder algo.

Storytelling

Contar uma história convincente, é uma das estratégias mais eficazes para atrair a atenção e engajar seu público.

Essa estratégia é conhecida como Storytelling e seu principal objetivo é criar uma forte conexão com o seu público.

Faça perguntas que forcem respostas positivas

Coloque afirmações que fazem com que seu leitor acabe concordando com a cabeça!

Ao fazer uma pergunta no texto, estruture-a para que a resposta seja sempre afirmativa. Dessa maneira, o leitor tem a sensação de verdade indiscutível.

Deixe o texto natural

Quando escrevemos da mesma maneira que falamos, o texto fica mais natural e permite que o leitor fique mais próximo.  

A naturalidade propõe uma abordagem mais amiga. Não parece que você está tentando vender algo, mas sim falando com um amigo.

Venda os benefícios e a experiência

Mais importante do que falar sobre as características, é explicar sobre os benefícios e a experiência que o cliente está prestes a adquirir.

Se você focar em descrever os benefícios e a experiência, a conexão é emocional e o próximo passo se torna algo mais natural.

Os erros mais comuns no Copywriting

Fique atento aos erros que podem ser comuns no Copywriting. 

1 – Deixar de revisar seu conteúdo – revise sempre o conteúdo e procure ter domínio da língua portuguesa.

A revisão do conteúdo serve para checar se não passaram erros de pontuação, digitação, concordância, repetição de palavras, entre outros.

2 – Produzir conteúdo muito técnico – um grande erro é achar que o texto sempre precisa ser formal e técnico. Tudo dependerá do perfil do seu público e do cenário em que ele se está inserido.

3 – Exagerar os benefícios do produto – não deve ser feita uma publicidade explícita e escancarada do seu produto ou serviço. Quando chegar o momento certo da jornada, ele será apresentado de forma natural.

4 – Não cativar o leitor – analise sempre os resultados, além disso faça testes. Nem sempre a estratégia que deu certo algumas vezes, dará sempre. Não se acomode!

5 – Apostar somente em clichês – ideias como escassez, urgência e exclusividade são discursos de venda. Assim, em vez de funcionar como escrita persuasiva, o efeito acaba sendo o contrário e afasta o leitor.

Uma dica

Não esqueça de ler nosso post sobre SEO, nele você vai encontrar técnicas de otimização para que seu site fique nas primeiras páginas dos buscadores.

Outro texto muito importante para quem quer começar a produzir conteúdos para o blog ou site é 10 passos simples para criar conteúdo relevante para seu blog.

Mas lembre-se, nada acontece da noite para o dia! Conteúdos funcionam a longo prazo, mas é uma ótima estratégia para a busca orgânica.

Com o tempo e, um pouco de paciência e trabalho, seu site começa a aparecer no Google de forma orgânica, ou seja, sem você precisar desembolsar nada por isso.

E então, o que você achou das nossas dicas? Aproveite para compartilhar este conteúdo com outros empreendedores que você conheça!

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima